bt form

itsaude@hotmail.com | 216 092 085

|

Investigação Osteopatia

O Departamento de Investigação do ITS

DADOS OBTIDOS NAS FICHAS DO CENTRO DE ESTÁGIO DO ITS

Ano Nº de Tratamentos
20/5/2010 a 20/5/2011 3.320
20/5/2011 a 20/5/2012 8.013
20/5/2012 a 20/5/2013 15.930
20/5/2013 a 20/5/2014 17.457
Total 44.720

 

graf_inv

Análise pelo Prof. Dr. Borges de Sousa

 

 

IMG DRBORGES

Os dados do gráfico demonstram bem a procura de tratamentos osteopáticos pela população portuguesa. Nos últimos 5 anos, ministramos milhares de tratamentos osteopáticos, nas clínicas do ITS de Lisboa e do Porto, conforme gráfico acima.

 

Isto demonstra bem a grande procura de tratamentos osteopáticos pela população portuguesa e a crescente receptividade desta terapêutica em todo o país.

 

Entendemos que devido ao acentuado envelhecimento da população portuguesa nos últimos anos, a Osteopatia pode ser uma alternativa eficiente para o tratamento de condições patológicas osteomusculares.

 

A Osteopatia é e será ainda de maior relevância para a população portuguesa, em virtude do facto de 3 milhões de idosos já sofrerem de problemas de osteoartroses, e que este cenário continuará a aumentar, dada a sua associação ao envelhecimento.

 

Estudos recentes sobre natalidade indicam que em 2050 Portugal irá ter 80% da sua população idosa, criando um contexto e social onde predominam os problemas articulares com alteração no movimento.

 

A Osteopatia ao longo dos anos tem vindo a dar respostas positivas para este tipo de patologias e será ainda de maior relevância, a curto prazo, o que na minha opinião demonstra sem qualquer dúvida que a Osteopatia já é uma Terapia importante nos cuidados de saúde em Portugal, e que com o decorrer do tempo terá maior relevância.

 

Assim afirmo, que a Osteopatia é uma Terapia de Futuro.